Home » » Fora das celas há 2 anos e meio, presos de Natal usam lençóis para 'caçar' celulares arremessados; veja vídeo

Fora das celas há 2 anos e meio, presos de Natal usam lençóis para 'caçar' celulares arremessados; veja vídeo

Written By Wolney Érick Oliveira on sábado, 4 de novembro de 2017 | 08:49

Livres no pátio, detentos da Cadeia Pública de Natal não se intimidam com a vigilância dos guariteiros. Mesmo à luz do dia, celulares chegam às mãos dos presos com facilidade.


G1 RN
Do alto da guarita desativada, é possível ver que os presos estão soltos na quadra  (Foto: Anderson Barbosa/G1)

os presos da Cadeia Pública de Natal, na Zona Norte da cidade, não se intimidam mais com a vigilância. À luz do dia, no meio do pátio, eles se espalham em duplas e, com lençóis abertos, parecem se divertir 'caçando' aparelhos celulares que são arremessados de um pavilhão para o outro. O flagrante foi registrado do alto de uma das guaritas da unidade .
O agente que filmou a astúcia dos internos pediu para não ser identificado. Com receio de sofrer retaliações, ele também não quis revelar quando foi feito o registro. Mas, garantiu que os arremessos de celulares são constantes. “Acontece quase todos os dias. Eles jogam de um pavilhão para o outro por cima do muro. Tanto de um lado quanto do outro, os presos estão soltos e circulam livremente pelos corredores”, acrescentou.
Em nota, a Secretaria de Justiça e da Cidadania (Sejuc), responsável pelo sistema prisional do estado, afirmou que "não há como afirmar com precisão quando o referido vídeo foi feito, se as imagens são recentes, tendo em vista a adoção de procedimentos nas unidades prisionais do Rio Grande do Norte".
A secretaria declarou que, ainda nesta sexta (3) realizou uma ação dentro da Cadeia Publica Raimundo Nonato para averiguar a existência de aparelhos celulares. "Além disso, comprovado a atualidade do vídeo, os presos nele identificamos vão responder. A secretaria também vai abrir um procedimento - devidamente informado a PM - questionando porque o autor das imagens (recentes ou não) não informou de imediato os agentes de plantão na unidade, muito menos o órgão gestor", pontuou a assessoria da pasta.


Share this article :

Postar um comentário

 

Copyright © 2017. Blog do Wolney Érick - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Blogger